Páginas

terça-feira, 8 de junho de 2010

Sufoco de um Consentir

voar-1

Voar mais alto
Que o espaço da imaginação
Guiar meu coração
Nas asas da realização
No contínuo viver da emoção…
Cair de braços dados
Com a paz de saber
Que tudo ou nada
Só é encontrado
No sufoco de um consentir…

Não querer mais saber
Resistir…
Resistindo na alma
Para o corpo decidir…
O silêncio de bocas cansadas
Ressoam ecos passados
De um entardecer descontínuado
Os olhos falam a linguagem
Que vai pela janela do coração
Onde se esconde a tímida
Alma covarde…
AMANHECER

 

E no amanhecer da compreensão
Não se pede palavras de atenção
Somente gestos da verdade
Que se esconde em atitudes fugidias…

 

 

                                          Valéria Braz

11 comentários:

Fernandez disse...

Lindo poema Valéria querida.
Muitas vezes precisamos que surja um amanhecer da compreensão na nossa vida, pois muitas vezes nosso céu amanhece nublado. Mas hora ou outra ele surge.
Beijos, Fernandez.

Mr.Jones disse...

Muito lindo mesmo.
Consentir nao é tao facil assim?
Pq para os sentimentos se torna tão dificil consentir?
bjs

Jackie Freitas disse...

Oi minha linda Valéria!
A urgência de sentir e viver, né amiga? Mas há alguma dúvida para viver sentimentos que nos confrontam constantemente? Sinta, amiga...consinta...
Grande beijo,
Jackie

Joselito disse...

Bem, consentir não é um ato eterno, quem consente pode depois negar .... e a vida continua ...

Maria Marçal disse...

Gostei muito.
O uso adequado das palavras para traduzir um sentimento.

beijos linda,
Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Geraldo disse...

Olá Valéria,

Este trecho me diz tudo:

"Resistindo na alma
Para o corpo decidir…
O silêncio de bocas cansadas "

Alma não quer mais o silêncio, mas o corpo necessita que a decisão não seja mais um murmúrio.

Muito encantador teu poema...

Abraço

Josy Nunes disse...

Oi,
Valéria,
o que posso dizer??
É lindo!
Beijão no seu coração,fica com Deus

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amiga Valéria, confesso que eu não sei nem o que dizer sobre a beleza da sua Poesia...Absolutamente, mágica e magnífica!
Parabéns por mais um lindo Poema!
Abraços,
LISON.

Catarino disse...

Muito bom, difícil comentar poesia, são feitas para sentir.

VariedadesemPalavras

AmoJoias disse...

Que lindoooo parabensss
sentir, entender... nem sempre caminham juntos, fico com o sentir!
bjinhusss

Sissym disse...

Valeria, eu lembro de voce quase diariamente, pergunto aos meus botoes "como vai voce?!"

Vim lhe dizer isso e desejar uma otima semana!

beijos no loiro lindo demais!