Páginas

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Preciso de Tempo

Este poema me foi dedicado por uma pessoa que tenho imenso amor, e pela qual dediquei parte da minha vida… e que ainda sou capaz de perdoar cada dúvida que tenha existido neste caminho que fizemos juntos!
Que o tempo possa trazer a esta pessoa tudo o que ela precisa achar para se descobrir e vencer!

homem sexual
Dá-me tempo para sarar as minhas dores
Para libertar esta magoa que me atrofia o peito
Para quebrar esta tristeza que prende meu coração
E assim libertar os fantasmas da minha alma
Preciso de tempo meu amor…
Para deixar ir todos os meus tormentos
Para afogar os meus pesadelos
Deixa-me esquecer quem eu fui…
Ou quem eu quis ser…
Dá-me tempo minha linda
Para poder seguir em frente, sem olhar para trás
Para fingir que o passado não existiu
Deixa-me recomeçar comigo uma nova vida
Iniciar um novo percurso do que quer que seja
Preciso esquecer este medo que tenho
Que não me deixa avançar
Que não deixa a felicidade entrar em meu ser
Preciso recriar a magia dos sonhos
Das ilusões, das fantasias
Que se perderam pelo caminho
Preciso de tempo meu amor…
Para reaprender a amar com o coração
Que deixou de acreditar que tudo é possível
Para deixar-me levar sem receios, sem barreiras…
Dá-me tempo… meu anjo…
Para que eu possa voltar a ser inteiro…
E para que eu não te ame só pela metade…
Porque agora sei que os sonhos existem para serem sonhados
Mas meu coração e alma, ainda não acreditam
Que tudo é possível…
Quando se vive na magia dos sentimentos

                                                                                                Autor: O texto é de Deusaii - Portugal.

11 comentários:

Mr.Jones disse...

Legal a dedicação.
bjao

Fernandez disse...

Olá Valéria minha querida amiga.
Um texto de uma tremenda intensidade. Gostei muito do texto. Simplesmente lindo!
Espero que a pessoa a qual dedicaste o post consiga aproveitar o tempo ao máximo para conseguir superar todos seus obstáculos.
Beijos, Fernandez.

Lilian disse...

Olá querida amiga VAléria,

Muito lindo esse poema.
É melhor dar um tempo e tê-lo de volta, por inteiro a lhe amar com um amor verdadeiro.
Beijos minha querida amiga.
Deus lhe proteja e lhe cubra de bênçãos.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

(O texto é de Deusaii, 35 anos, Portugal. Veja em: http://recantodasletras.uol.com.br/poesias/2263803)

Jackie Freitas disse...

Valéria, minha linda poetiza!!!
Que lindo, amiga ler tanto sentimento, tanta vontade de se libertar e conquistar a paz que o coração pede e merece!
Eu sei que ela vai chegar...sei que você estará preparada para ela!
Grande beijo, com muito carinho,
Jackie

Cris Travassos disse...

Lindo e cheio de dor e dúvidas. Quão doída está esse ser que não consegue juntar seus pedaços para poder amar plenamente.

Beijocas

Professora Ismaelita disse...

Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de abraçar e tempo de afastar-se; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz.. (Eclesiastes, 3)
belo post,gostei

Roniel A. Julio disse...

Amiga Valéria, um lindo poema, com certeza. Só o tempo é capaz de fazer com que esqueçamos, com que perdoamos..., só o tempo é capaz de transformar as nossas derrotas em grandes vitórias. Parabéns pela postagem. Abraços. Roniel.

LISON COSTA disse...

Saudações Fraternas!
Amiga Valéria,
Mais uma linda poesia e esta você escolheu a dedo.... “Preciso esquecer este medo que tenho
Que não me deixa avançar
Que não deixa a felicidade entrar em meu ser
Preciso recriar a magia dos sonhos “ o AD.
Parabéns pelo lindo Post!
Abraços,
LISON.

Marcos Mariano disse...

LINDO POEMA AS VEZES SÓ O TEMPO PODE NOS ENSINAR A COISAS QUE RESISTIMOS EM NÃO APRENDER

Josy Nunes disse...

Oi,
Valéria,
acho esse texto intenso e verdadeiro, pois, só mesmo o tempo é capaz de a tudo curar, a nos fazer perdoar, fortalecendo-nos e preparando-nos para um novo recomeço. Só mesmo o tempo é capaz de fazer essa milagre.
Bjos

Silvana Marmo disse...

Bom Dia!
Belissimo poema, o que mais posso falar se o tempo passa tão de pressa que não dá nem tempo de pensar nas coisas antes de acontecer, quando se percebe já foi, já aconteceu e não tem como voltar atrás deixando só a lembrança ou a angústia de ter passado por algo de ruim, e depois que passar perceber que poderia ter evitado, poderia ter feito diferente, lamentações não adiantam mais já foi, já passou!
Meu carinho