Páginas

domingo, 9 de maio de 2010

Mãe

mae

Quando se encontra a força de criar no mundo
Almas sedentas de aprendizado 
Confusas nos seus atos… 
Mas a determinação que apresentas
Ao continuar sem nunca vacilar
Indo ao encontro de portas tão fechadas 
Mas que  necessitam ser abertas
Por toda sua vida de batalhas
Conquistas e muitas vezes derrotas…
Cada dia é um novo aprendizado
Cada amanhecer a reafirmação
Do amor  intenso que carregas
Lado a lado com as lágrimas de um desabafo…
E quando o mundo parece desmoronar
Lá está você segurando com toda força
Para não vê-lo cair…
mae018-thumb

Nas brigas manténs o dom da reconciliação
E nestas horas o medo que guardas dentro de si
Retorna em voz clara de um amor maternal
Que é dado a nós (filhos)…
E por toda esta vontade e força
É que admiro este amor de mãe
Que meio louca, meio terna
Mas jamais deixando de ser  totalmente mãe
Amiga, sincera!

Valéria Brazp

 

12 comentários:

topmaiz disse...

Valéria,

Parabéns muito bonito esse poema.

beijos!

topmaiz disse...

Valéria,

Parabéns muito bonito o poema.

beijos!

Renê Soares disse...

Olá Valéria, adorei o poema, se tivesse lido antes da quinta-feira, iria enviar jundo com o cartão que mandei para minha mãe.

Parabéns.

Abraço

Fernandez disse...

Olá Valéria querida!
Lindo poema. Que faz uma bela homenagem a todas as mamães.
Creio que todas as mães sempre tentam nos guiar da melhor forma possível neste mundo repleto de desafios.
Parabéns para você querida. E para todas as mães nesta linda data.
Beijos, Fernandez.

MARIA COSTA disse...

Oi minha amiga Val

Você voltou inspirada né.Linda a poesia em homenagens a todas as mÃes.Com certeza a sua deve ter amado essa linda homenagem, e parabens de novo pois você tambem merece essa homengaem , pois tem um filho muito lindo e fofo.
Bjs

Leila Franca disse...

Oi Valéria,

Ser mãe é uma luta, mas uma luta boa pela tarefa de educar, cuidar, de estar sempre atenta e fazer tudo por amor.

Linda poesia.

bjs

Leila Franca disse...

Oi Valéria,

Ser mãe é uma luta, mas uma luta boa pela tarefa de educar, cuidar, de estar sempre atenta e fazer tudo por amor.

Linda poesia.

bjs

Sissym disse...

Valeria, belíssimo Obrigada e Parabens!

Maria Marçal disse...

Valéria, primeiramente, o meu mais sincero abraço a ti amiga por esse dia.

Achei linda essa poesia quase na mesma proporção do meu entendimento sobre o valor da mulher/mãe.

Beijos amiga, Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Jackie Freitas disse...

Olá minha linda! Que lindo poema e homenagem às mães! Engraçado é que por mais que se fale ou escreva sobre elas (nós) parece que nunca é o suficiente, né?
Grande beijo,
JAckie

Geraldo disse...

Olá Valéria,

Lindo poema..

Ela chora quando está triste,

Ela chora quando está alegre,

Ela compartilha o sol com seus filhos,

Ela ilumina e aquece aquele que em seu regato de sentimentos o procuram...

Abraço

Leila disse...

Oi Valéria,

tenho um presente pra vc aqui:
http://selinhosepresentinhos.blogspot.com/2010/05/sunshine-award-minhas-indicacoes.html