Páginas

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Estrela Mulher

 saudade11

Não me queira sem pecado
Não me deixe sem passado
Meus passos te seguem
Mas na descoberta
Quero ser eu mesma…


Tuas dúvidas
São incertezas sem certezas
Teu silêncio meu receio
Não negue minha simplicidade
Não permita que eu me engane
Serei teu momento incerto
Só quando não acreditares
Que podes ter alguém que te goste…


Observe além do que te permites
Não tranque  na tua alma
O que não sabes ser real
Se te beijo, te toco
É porque quero estar ao teu lado
Te conhecer…

CosmoLuares...MulheresEstrelas...
Se me afasto e pareço distante
Apenas uma questão de tempo…
Não caminhe além do sol
Mas junto com ele
E então sem querer
Estaremos caminhando
Muito além das estrelas…

 

Valéria Braz

18 comentários:

Rose Nakamura disse...

Valéria
Amei a poesia
e as imagens
beijos

eu disse...

muito romantico,gostei a paz

Sou Mulher ... disse...

Olá Valéria!
Muito lindo, como sempre, este poema!
Beijos,Vera.

Roniel A. Julio disse...

Amiga Valéria, parabéns pelo belo poema. Gostei bastante. Abraços. Roniel.

Leila disse...

"Não me queira sem pecado..." - todo mundo tem um passado, todo mundo cometeu erros. Muitos. Aceitar o outro inclui este fato.

bjs

Sumie disse...

Lindo poema,gostei.

Rosana Madjarof disse...

Valéria,

Que lindo poema minha amiga!

Uma mistura de amor e sensibilidade.

Adorei!

Bjs.

Ro.

Genilda Silva disse...

Muito linda a poesia!
Muita sensibilidade nas palavras.

Marina Canfield disse...

Que linda a poesia! Parabéns, você escreve muito bem querida =)
Beijão

Cris Travassos disse...

Valéria,

Que delícia de poesia. Amar é assim, sentir-se livre e preso ao mesmo tempo.

Beijocas

Jackie Freitas disse...

Valéria, minha amiga poetiza, de sentimentos puros e coração nobre!
O mais lindo de tudo é que quando você escreve passa a sua alma...é uma força inexplicável, amiga, mas parece que consigo sentir o que você está sentindo...como se fosse uma extensão...sei lá...rs...coisa de maluca, de amiga filosófica!
Amei!
Beijo grande nesse coração imenso!
Jackie

Beth Muniz disse...

Olá Valeria,
Linda poesia, que eu, como não sou poetisa, resumo assim: Eu, tenho identidade. Mas, apesar dela, podedemos caminhar juntos...
Beijão.

Principe Encantado disse...

"Se te beijo, te toco
É porque quero estar ao teu lado
Te conhecer… "

Muito lindo amiga.
Abraços forte

Mr.Jones disse...

Essa poesia é instigante e inspiradora...
nessa parte "Estaremos caminhando
Muito além das estrelas…"
eu concluiria.."E o universo seria pouco para nós."

Sissym disse...

Valeria, eu me senti neste poema. Achei lindo ao dizer "Não caminhe além do sol" , ou seja, não vá tão longe, assim poderei seguir com o olhar e sentir com o coração.

Quando queremos bem, mesmo que venhamos a perder o bem-amado, nunca de fato ficaremos sozinhos, porque somos inteligentes para permanecer, mesmo que a distancia.

JORNALISMO ANTENADO disse...

"Não me queira sem pecado
Não me deixe sem passado"

Lindo poema minha querida Valéria, estas estrofes que destaquei para mim são as primordiais,todos temos um passado, as ve4zes algo que nem sempre nos orgulhamos e quando conhecemos alguém devemos ter em mente que o mesmo acontece com o outro.
Como todos seus poemas, sempre sensível, tocante na alma.
BEijos no coração
Márcia Canêdo

Joselito disse...

Grande Valéria essa poesia foi 100. E também a centésima "noticia enviada".

Geraldo disse...

Olá Valeria,

Chegando agora na tua poesia, vi a sutileza de tuas palavras.. não importo que tu foi, mas quem tu és e tu serás...

É por ai...

Belo poema

Abraço