Páginas

domingo, 15 de abril de 2012

Ser mulher


Meu sonho é apenas ser mulher
Cantar as alegrias do prazer
Viver o êxtase de amar
Sair em paz com a vida
Andar no rumo da manhã
Voltar com o coração
Repleto de desejo...

Não me toque
Se seu toque for fantasia
Se distancie
Siga em frente...
Não me chame
Se seu chamado for cortesia
Olhe para frente
E passe ao meu lado...
Não me olhe
Se seu olhar for insensato
Feche os olhos
E tome rumo incerto...
Agora se seu toque for desejo
Seu chamado um segredo
E seu olhar um mistério
Venha para perto
Me sinta inteira
Se envolva em meu calor
Pois satisfarei teu desejo
Desvendarei teu segredo
E seguiremos no mesmo mistério
Num rumo bem certo!
Valéria Braz

Fonte Foto: Google

10 comentários:

Guria Faceira disse...

Valerinhaaaaaaaaaaaa minha rica

que isso heim?
nossa fiquei sem folego
lindo intenso
adorei a estrofe final
é isso ai se me quer tem q ser pra valer

Parabens minha rica
ameiii o poema belo como sempre

bjão

Luísa L. disse...

Muito belo Valéria!

Essas são palavras que também definem o meu querer.

Beijinhos!

luciana disse...

Valéria querida, boa tarde!

Quanta intensidade minha amiga!!
Profundo:

Venha para perto
Me sinta inteira
Se envolva em meu calor
Pois satisfarei teu desejo
Desvendarei teu segredo
E seguiremos no mesmo mistério
Num rumo bem certo!

Acreditar no que acha certo, no que realmente vale a pena...
Parabéns...

Bjs!!!
Lu

Beth Muniz disse...

Oi Valeria,
Lindo!
Poeticamente falando: pura inspiração e um suave desejo revelado pela alma do poeta.
Beijo querida.

Cecilia sfalsin disse...

A mulher tem uma independência na alma, e uma intensidade nos sentimentos, porém preserva se das ilusões e se entrega ao que aos seus olhos minam pureza, verdades e delicadeza...A mulher é um fruto doce, mas totalmente sensível...

Muito lindo seu poema..nos descreveste com intensidade...:)

Bjs

Mary Miranda disse...

Oh, minha Flor, que coisa mais linda!!!!


Acho que hoje em dia não é fácil ser mulher...
Não sabemos desempenhar o nosso papel sublime, da guerreira, lutadora, insistente, uma espadachim sem armas, pois sempre vencemos com a ternura!...
Adoro ser mulher e ter esse mistério, que não revelamos a ninguém, mas deciframos nos seres amados. Fazemos um jogo tão satisfatório do não-dizer, e sermos tão magnificamente reveladoras em nossos gestos mais sinceros!

ADOREI ler suas linhas, suas letras tão precisas, sobretudo os últimos versos "(...)Se envolva em meu calor/ Pois satisfarei teu desejo/Desvendarei teu segredo/E seguiremos no mesmo mistério/Num rumo bem certo!"

Beijos, Valzinha!!!!

Mary:)

Van disse...

Oi Valéria, que lindo!

Que irresistível convite àqueles que possuem algo a oferecer.

Desejo que os mistérios se realizem, se encontrem e se desvendem mutuamente.

Beijos, querida!

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amiga VALÉRIA:
Um Poema belíssimo, inspirador, cheio de ternura.
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Parabéns por mais um lindo Post!
Abraços,
LISON.

Atena disse...

Romântica e inspiradíssima!
Tá lindo e convida a gente a devanear, lembrar de alguém, suspirar... ai ai
rsrs
Beijos, querida e siga nos trazendo estas belezas

Samanta Sammy disse...

Olá querida Valéria !!

Nossa, que lindo !!
Creio que todas nós compartilhamos estes desejos de sermos apenas mulheres, transbordando nossa essência, seguir pela vida com esta beleza que faz parte de nós tanto por fora quanto por dentro, esta força e doçura mescladas vibrando no coração, e que venham a nós somente aqueles que tem para nos oferecer esta intensidade gostosa e bonita...
Que seu desejo se realize ! feliz daquele que for digno desta caminhada ao seu lado :)

Muchos beijosssssssssss e bom restinho de semana !